Reportagem sobre Bruxaria - Dissertação

Saudações!

Primeiramente gostaria de esclarecer que o que vem abaixo é minha opinião pessoal. É o que eu penso a respeito do que foi mostrado na TV e gostaria também que, se alguém quiser copiar este texto ou divulgá-lo, fiquem à vontade para copiar mas, que mencione minha autoria, pois foi inteiramente escrito por mim. Obrigada.

A reportagem foi exibida pelo SBT no programa SBT Repórter no dia 10 de outubro de 2007.

Bom, o tema do programa foi Bruxaria e Feitiços e foram mostradas várias idéias sobre este assunto. Algumas sobre Wicca, outras sobre Andaluz, Vodu, e até sobre cinema que não tem nada a ver com Bruxaria mas valeu pela apresentação do Zé do Caixão. Inclusive, eu, pessoalmente, o considero um ícone do cinema brasileiro, e que infelizmente, não é reconhecido da forma que deveria. É mais um caso clássico daqueles que são reconhecidos apenas quando morrem. E como ele ainda está vivo, seu trabalho magnífico fica sem apoio. É o nosso Brasil.

Bom, voltando ao assunto da reportagem, o apresentador disse que Bruxaria e Wicca são a mesma coisa. Não concordo com ele porque existem vários segmentos da Bruxaria e a Wicca é uma delas. Ou seja, se uma pessoa é bruxa, não quer dizer que ela necessariamente seja Wicca.

Eles mostraram alguns bruxos Wicca, como Cláudia Hauy, Claudiney Prieto, e outros conhecidos de quem já vive a Arte.

Eles até ensinaram feitiços e mostraram um pouco da Arte explicando o que significa a vassoura, o caldeirão, athame, e outros instrumentos usados pelos bruxos. Achei interessante porque esclarece o uso e objetivo mas por outro lado ficou faltando esclarecer que isso não tem nada a ver com demônios, e isso pra mim, é crucial, pois todo mundo pensa esse tipo de coisa de nós, bruxos, e essa falta de informação é que distorce mais ainda a nossa imagem.

Outro fator é que, quando mostraram os bruxos de Brasília em um ritual de Esbat, ou seja, da Lua Cheia, o repórter disse: “Eles estão num ritual em homenagem à Deusa: a Lua Cheia.” Ora, quem disse que a Lua é a Deusa? Acho que houve uma falta de esclarecimento aí, hein!

Outra coisa que eles mostraram no programa foi a casa de um bruxo Andaluz. Ele não tem nada a ver com Wicca. Digo isso porque ele é um Mago Andaluz, de origem andina, outro tipo de Bruxaria, e ele mostrou um feitiço de Vodu (que não tem na Wicca) e outra coisa interessante que eu observei é que nos feitiços dele ele falou em Francês. É isso mesmo! Francês! Não sei se é um hábito dele ou se ele fez isso pra aparecer no programa ou impressionar, mas falar francês em feitiço é uma coisa inusitada, tenho que admitir! Acho que falar em outro idioma durante os feitiços deve impressionar os clientes dele, que inclusive pagam a bagatela de R$ 300,00 pela consulta mais barata. Pois é...

Outra coisa que esse mago mostrou é que ele faz um feitiço pra poder devolver o mal a quem o lançou. Isso também não tem nada a ver com Wicca. Nós, definitivamente, não praticamos o mal. Pelo contrário, só praticamos o bem. A nossa lei tríplice é muito clara: tudo o que fazemos volta pra nós em triplo. Então, cuidado pra não confundir!

Quero esclarecer aqui que não tenho nada contra esse mago nem contra nenhum outro mago, ok? Cada um segue a tradição que melhor lhe convém, e no caso dele, ele explicou que isso veio de família. Ele nasceu numa família de magos e é bruxo por herança. Ou seja, um tipo de bruxaria completamente diferente da Wicca, já que pra sermos bruxos, temos que passar por um processo de estudos, dedicação e iniciação. Enfim, cada caso é um caso.

É claro que existem diversos tipos de Bruxaria praticados pelo mundo e cada um pratica de acordo com sua crença, ou onde se sentir melhor. O que importa é o sentimento e a fé. O resto do caminho é individual.

Falaram sobre outros assunto como a Santa Inquisição, em que as bruxas eram queimadas a mando da Igreja Católica como forma de obrigar as pessoas a seguirem essa religião e também foram mostradas cenas de filmes sobre bruxaria, como “Magia e Sedução” e “As Bruxas de Salém”, que eu recomendo.

Enfim, pra fechar a programação, fizeram uma pequena entrevista como o Zé do Caixão, um personagem interessantíssimo, que não tem nada a ver com Bruxaria (inclusive ele próprio disse que não acredita em bruxaria), mas valeu porque ele tem aquele ar de ocultismo, vampirismo, satanismo e por aí vai...

Acho que ele é um ícone do cinema brasileiro. Seu personagem é da década de 60 e sempre aparece em filmes obscuros, com temas sobre a morte, inferno e outras coisas ligadas ao terror. Mexe com o imaginário das pessoas e faz medo também.
As histórias dele são muito boas, com muita imaginação. É uma pena que no Brasil ele não tenha o reconhecimento que merece.

Também mostrou como é perigoso acender fogo dentro de locais fechados, pois um grupo de bruxos acendeu um caldeirão e pegou fogo no carpete. Achei imprudente fazer isso, poderiam ter feito em um local do lado de fora.

Bom, acho que deu pra ter uma idéia do que foi exibido e espero que as pessoas não fiquem pensando que vamos sair por aí voando nas nossas vassouras ou dançando nus pelas vias públicas nas noites de lua cheia, rsrs.

Segue minha sugestão de sites a serem visitados:

ABRAWICCA
http://www.abrawicca.com.br/

TEMPLO DA DEUSA
http://www.templodadeusa.com.br/

CLÁUDIA HAUY
http://www.claudiahauy.com.br/

A título de curiosidade:

ZÉ DO CAIXÃO
http://www2.uol.com.br/zedocaixao/

A FILHA DO ZÉ DO CAIXÃO, A LIZ VAMP
http://www.vampira.com.br/

Segue abaixo os feitiços mostrados no programa (eu gravei o programa em VHS só para copiar, porque só assistindo não teria como memorizar isso tudo rsrs):

O PÃO DO AMOR

Para a massa:
500g de farinha de trigo
30g de fermento para pão
1 colher (sobremesa) de açúcar
Sal a gosto
½ xícara de azeite ou manteiga
Uma pitada de gengibre ralado

Para o recheio:
Tomates secos
Alcaparras
Ervas: Manjericão, Tomilho, Orégano, Manjerona

Misturar os ingredientes da massa e amassar com as mãos, mentalizando sobre a pessoa amada e o que você deseja, se é pra namorar, casar, enfim, conquistar a pessoa amada.
Depois que a massa ficar firme e homogênea, deixe descansar alguns minutinhos, abra e recheie. Enrole a massa e faça um formato de coração ou meia lua, pincele com ovo e salpique por cima algumas sementes de papoula.
Em seguida ponha pra assar em forno pré-aquecido.
Na reportagem não disse quanto tempo, mas acredito que uma meia hora no forno deve ser suficiente para assar. É só verificar se a massa cresceu e ficou dourada.


FEITIÇO DA PROSPERIDADE

1 vela azul
Ervas: Alecrim, Louro e 3 Nozes-moscada

Escreva na vela com uma faca virgem a palavra Prosperidade.
Pegue a vela e passe a mão nela mentalizando o que você quer no sentido de prosperidade e fartura.

Após mentalizar por alguns instantes, acenda a vela e a coloque num pires ou castiçal. Ao redor da vela, dentro desse pires, vá colocando uma erva de cada vez. Mas quando for colocando tem que mentalizar o que se quer.
Após colocar todas as ervas, posicione as mãos sobre a chama da vela, tomando o cuidado para não se queimar, e diga essas palavras ou outras palavras parecidas:

Deusa e Deus, Senhora e Senhor, elementais da terra, eu vos peço para que a fartura e prosperidade sejam uma constante em minha vida.”

Deixe a vela queimar até acabar. No dia seguinte pegue as ervas que estavam junto com a vela e faça uma infusão para banho.
Pegue as ervas, misture em água quente ou morna, e na hora em que for tomar banho despeje essa água com as ervas da cabeça aos pés.
Não se esqueça que durante todo o procedimento você tem que sempre mentalizar o que deseja, ok?

FEITIÇO PARA CONSEGUIR EMPREGO

1 toalha de mesa nova, que ainda não tenha sido usada
1 vela branca (elemento fogo)
1 incenso (elemento ar)
1 pedra (elemento terra)
1 copo com água (elemento água)
1 estrela do mar (você encontra em lojas de artigos de decoração, mas tem que ser uma estrela do mar de verdade)

Arrume a mesa: forre com a toalha nova e posicione os elementos com a estrela do mar no meio entre eles.
Escreva em um pedaço de papel o que você quer relacionado ao trabalho, tipo, conseguir um emprego, receber aumento de salário, etc.
Dobre o papel e coloque debaixo da estrela do mar.
Por cima da estrela, faça com as mãos no ar a representação do pentagrama, a estrela de cinco pontas. Enquanto isso fique mentalizando que já conseguiu o emprego. Faça isso por mais ou menos uns 15 minutos.

Depois, pegue a estrela com o papel e guarde em um lugar onde ninguém possa tocá-la, nem mesmo você, para que a energia sobre ela não se disperse.
Todos os dias, durante uma semana, pare diante da estrela e fique mentalizando sobre o emprego que você quer.
Logo, logo, seu desejo se concretizará.

FEITIÇO PARA BOA SAÚDE

1 pedaço de papel
Um copo
Açúcar
7colheres de azeite de oliva
7colheres de água
1 vela de 7 dias

Escreva o seu nome 3 vezes nesse papel. Coloque-o no fundo do copo e coloque açúcar até a metade deste copo.
Adicione o azeite e a água.
Acenda a vela
Coloque o copo em um lugar calmo ao lado da vela e deixe a vela queimar até acabar.
Durante o período de uma semana, fique diante desse copo e vela e mentalize que você quer boa saúde ou faça oração segundo a sua crença.
Após esse período pegue o copo e enterre no seu quintal ou algum lugar próximo à sua casa.

Bênçãos plenas a todos!

Viviane Lopes