Fragrâncias - Parte 01




A magia das fragrâncias em sua vida - Parte 01

Um pouco de história

De fato, o perfume é muito mais do que um prazer dos sentidos. É também uma mensagem, algo do próprio ser humano, projetando no exterior seu “eu” profundo, seus gostos, suas aspirações secretas. A história do perfume começou quando o homem primitivo aprendeu a fazer o fogo e descobriu que certas plantas desprendiam fragrâncias agradáveis quando eram queimadas. Passaram, pois, a oferecê-las aos deuses como forma de agradecimento.

O nome “Perfume” deriva do latim “per fumum” ou “pro fumum”, que significa “através do fumo”.Todos os templos da Babilônia, Assíria, Egito, Roma e Grécia tinham seus perfumistas exclusivos. Os mais antigos frascos de perfumes de que se tem notícia datam de 5000 A.C. Eram fabricados na Mesopotâmia e no Egito com alabastro e pedra, por serem os materiais preferidos, devido a não serem porosos.

Existem várias lendas que envolvem o surgimento do perfume. Uma delas relata que o perfume foi uma criação da Deusa Vênus (mitologia Grega), que certa vez teria ferido o dedo e dele caído uma gota de sangue sobre uma rosa. Cupido (Deus do Amor) por sua vez, beijou a rosa e teria selado a alquimia, transformando o sangue de Vênus em fragrância.

A história do perfume remonta há três mil anos e as lendas que envolvem sua criação vão mais longe ainda. Na antigüidade, as fragrâncias florais costumavam ser produzidas na capital mundial dos perfumes, a Babilônia. Ali já havia sido criada a água de colônia, obtida pela maceração (esmagamento) de pétalas de rosas.

Seu perfume pessoal

Se for possível, faça sempre seus perfumes na Lua Nova. Nunca faça perfumes no seu período menstrual, pois a sua energia, o modo como você se sente, vai passar para o seu perfume. Para um perfume de boa qualidade, use sempre utensílios de vidro, tanto o funil, como o copo medidor. Todo o material para a produção de seus perfumes pode ser adquirido em lojas especializadas, que já tem os produtos especiais, como o fixador, em frascos com a quantidade adequada para preparar um litro de perfume. Esta é a quantidade da receita apresentada a seguir:

Ingredientes:

800 ml de álcool de cereais
20 ml de polipropilenoglicol
30 ml de fixador de âmbar
50 ml de essência de sua preferência (pode ser uma combinação de várias)
100 ml de água mineral sem gás
um vidro escuro com capacidade para dois litros (para que o perfume tenha bastante espaço para “se criar”)
Um copinho medidor para a essência
Um funil para colocar os líquidos no vidro escuro
frascos pequenos próprios para perfume

Como fazer:

Coloque no vidro escuro, na ordem a seguir, com muito cuidado e suavidade: o álcool de cereais, o polipropilenoglicol e o fixador de âmbar. Deixe repousar por duas horas. No copo medidor, junte as essências escolhidas até atingir a quantidade de 50 ml e coloque no vidro.

Agite bem e deixe descansar por nove dias em local onde não haja luz. Ao fim destes dias, acrescente a água mineral e agite bastante. Deixe repousar mais um dia no escuro antes de usar.

Distribua o perfume em vidros pequenos para facilitar seu manuseio.

(Desconheço a autoria)


Marcadores

10 anos de blog A Carga da Deusa A Carga do Deus A Deusa do Norte A magia das fragrâncias A magia dos metais A Pirâmide das Bruxas A Roda do Ano A Wicca de Cada Um Agradecimento Alquimia Altar Animais do Poder Animal Guardião Animal Totem Antiga Religião As faces da Deusa As leis da Wicca As responsabilidades na Wicca aulas Avalon Banimento Bem-vindos! Blog Bruxa de Blair Bruxaria Italiana Bruxas canal Casamento wiccan Castlefest Chuva de meteoros Círculo Mágico Como me torno um(a) bruxo(a)? Cozinha da Bruxa Crenças Dedicação Dia das Mães Dúvidas Eclipse Egrégora Elementos Encontro Aberto Wicca Ipatinga Encontro Social Pagão® Energias Ervas Estudos Eu sou Pagã Gatos Gerald Gardner Glantonbury Guia de estudos Wicca Guias Espirituais Handfasting Hemisfério Norte ou Sul Hermetismo Imagens pagãs Incensos Incensos e seus significados Iniciação iniciantes Inquisição Instagram Jan Duarte Livro das Sombras Livros indicados Lua Cheia Lua de Sangue Lua Sangrenta Mãe Terra Magia dos dias da semana Magia prática magias Margaret Murray Meditação Merlin Mitos e Lendas Natal Nomes Mágicos O 13º signo e o calendário wiccano O Alfabeto Theban O Deus de Chifres O Mito da Descida da Deusa O mito da Roda do Ano O poder do três vezes três O que é Wicca? O renascimento da Wicca O significado de Blessed Be Orações Oráculos Origens da Bruxaria Os Celtas Os Esbats Os Estudiosos e a Wicca Ouija Pagan Music Salt Lake Paganismo Panteão Brasileiro Panteão Celta Panteão Egípcio Panteão Grego Panteão Hindu Panteão Nórdico Panteão Romano Panteões Pedras e Cristais Planetas Poções Povos Nórdicos praticantes Princípio Criador Projeto Gaia Paganus® Receitas Reciclagem Reflexão Reportagem sobre Bruxaria Respeito Rituais e feitiços Rituais para o ano novo Ritual Rosário da Deusa Runas Sabbat Beltane Sabbat Imbolc Sabbat Lammas Sabbat Litha Sabbat Mabon Sabbat Ostara Sabbat Samhain Sabbat Yule Selena Fox Sexta-feira 13 Signos Símbolos Stonehenge Stregheria Tabuleiro Ouija Tempo Mágico Termos usados na Bruxaria Tradições Treze metas Valquírias Varetas Saxônicas Velha Religião videos vídeos Vikings Wicca Wicca e fantasia Wicca Ipatinga Wicca no Brasil Xamanismo YouTube